fbpx
De nada adianta ter 30, 60 ou mesmo 24 horas no seu dia se na verdade o que te falta não são horas a mais. Confira neste artigo as dicas para fazer uma melhor gestão do seu tempo e não precisar ter mais 30 horas no seu dia.

 

Você sabe o que é a gestão de tempo? Muita gente pensa que gerir o tempo se trata de planejar 100% do dia e não sair desse planejamento.

Entretanto, gerenciar o tempo não se trata de programar cada detalhe, mas sim adquirir controle sobre seu tempo disponível. Quem administra o tempo, aumenta sua produtividade.

Isso porque se você sabe gerir seu tempo, você realiza as atividades que considera prioritárias. Seja profissional ou pessoalmente.

E a produtividade? Bom, ser produtivo é fazer aquilo que se considera importante e prioritário com a menor quantidade de recursos possíveis.

 

O que vem primeiro

 

O primeiro passo para se iniciar a gestão do tempo é ter claro qual é o seu objetivo e quais são as suas metas. Com esses dados é possível definir quais são as suas prioridades. O que realmente tem importância no seu dia e que fará diferença no alcance desses objetivos.

 

Você sabe a diferença entre uma tarefa importante e urgente? Se você não sabe, está na hora de pensar a respeito. Quantas tarefas urgentes você tem durante o dia?

 

Importante x Urgente

 

Uma tarefa urgente está relacionada ao prazo para realizá-la, que geralmente é curto ou, muitas vezes já extrapolado. Ela te faz parar tudo o que está fazendo para ser prioridade. Já a tarefa importante está relacionada ao valor agregado e, geralmente, implica em algo positivo para seu dia a dia.

 

Quanto tempo você dedica às tarefas urgentes? Se este tempo tem sido muito grande está na hora de rever os seus hábitos. Tarefas urgentes elevam o nível de estresse, cansaço, entre outros.

 

gallery imageO problema é que algumas pessoas gostam das tarefas urgentes porque elas fazem com que elas se sintam úteis, resolutivas, necessitadas. Acontece que, se a tarefa virou urgente é porque não foi realizada no tempo previsto.

 

Entregar tarefas no prazo, evitando acúmulo de atividades e novos atrasos, permite também melhorar a qualidade de vida e tomar decisões mais assertivas.

 

Entretanto, para atingir um patamar eficiente na gestão do tempo, é necessário eliminar hábitos que costumam afetar negativamente o desempenho.

São os chamados “ladrões de tempo”.

 

Os ladrões

 

 

Redes sociais, pesquisas na internet e interrupções estão entre os maiores ladrões de tempo que temos.

 

Pesquisas mostram que levamos até 25 minutos para recuperar o foco perdido por uma interrupção. Você provavelmente não fazia ideia disso, não é?

 

Estratégias para gestão de tempo

 

Considerando a importância do tema e sua relevância dentro do cenário atual, diversos autores têm se voltado para a indicação de estratégias para o gerenciamento do tempo.

 

No Brasil, temos alguns nomes de peso, como Mario Sergio Cortela, que fala sobre o estabelecimento de prioridades,  Leandro Karnal,  que procura definir o aproveitamento do tempo tendo em vista a capacidade de execução de cada um, além de Christian Barbosa, autor de A Tríade do tempo nos faz entender a importância de classificar e organizar as tarefas.

 

 

Como Gerir o Tempo

 

A seguir veja as 11 estratégias desenvolvidas pelos mais renomados autores para te apoiar a a fazer uma gestão mais assetiva.

 

  1. Planeje

 

Crie planos com metas diárias, semanais, mensais e anuais.

Como já dizia o gato de Alice no País das Maravilhas, “se você não sabe para onde vai, qualquer caminho serve”.

 

A maioria das pessoas fala de seus sonhos e objetivos na vida. Então, escrever um plano é colocá-los sonhos no papel e definir quais ações devem ser realizadas para alcançá-los. Não esqueça dos prazos, “objetivo sem prazo é apenas um sonho”.

 

  1. Esvazie a mente

 

As tecnologias disponíveis por meio de aplicativos ou outros recursos eletrônicos facilitam a execução daquilo que foi previsto para a rotina. Use calendários e organizadores para planejar e não esquecer.

 

  1. Conheça seus limites

Os limites físicos, financeiros e de recursos (incluindo o tempo, é claro) devem ser conhecidos para estabelecer metas e objetivos.

O enquadramento dentro dessa moldura tem a principal função de evitar o sentimento de frustração caso uma meta não seja atendida.

 

  1. Aprenda a dizer “não”

É importante, tanto para a vida profissional como para a pessoal, ter a consciência da necessidade de ser claro no comprometimento do tempo.

Os conflitos de agendas devem ser negociados com foco nos objetivos de cada pessoa.

 

  1. Estabeleça o tempo necessário para cada atividade

O tempo para a execução de cada tarefa necessita, ao menos, de uma definição prévia aproximada.

Essa é uma atitude que traz, entre outros, dois benefícios muito claros.

O primeiro é permitir a melhor organização da agenda.

Já o segundo se percebe quando o trabalho envolve outras pessoas, pois a comunicação do tempo necessário auxilia na coordenação dos esforços de todas elas.

 

  1. Tenha foco

É fundamental, durante a execução da tarefa, seja qual for, estar presente de corpo e mente.

Faça uma coisa de cada vez. Deixe de querer ser Multitarefa!

 

  1. Bloqueie as distrações

Os alertas de e-mail e WhatsApp são potenciais redutores de desempenho.

Exceto se você trabalhar diretamente com o atendimento ao cliente, estabeleça horários para checar as mensagens.

 

  1. Priorize

Diversos autores propõem formas e critérios de priorização diferentes. Entre eles, o prazo para entrega, o alinhamento com a estratégia ou o grau de dificuldade na execução.

O critério a ser adotado pode variar, mas a estratégia deve estar alinhada aos objetivos de cada um.

 

  1. Delegue

A centralização das atividades por parte de gestores, especialmente, limita o desempenho de todo o time.

 

  1. Registre os resultados alcançados

Temos uma tendência de dedicar mais atenção para a análise de falhas do que para o entendimento do que leva ao sucesso.

Entretanto, reproduzir os bons resultados alcançados depende também da compreensão dos acertos.

 

  1. Separe tempo para os imprevistos

Por fim, estabelecer espaços na rotina para absorver as atividades não planejadas é de suma importância.

Por mais detalhado que esteja o plano, não há como eliminar a ocorrência de imprevistos.

 

 

Agora que você conhece as técnicas para gestão do tempo e conferiu as dicas dos principais autores sobre o tema, pode ser mais assertivo na escolha do que melhor se encaixa com seus valores e objetivos.

 

Lembre-se sempre, fazer Gestão do Tempo é trabalhar para garantir LIBERDADE na sua VIDA!!!

Você quer tempo ou liberdade?

Quer meu apoio para este caminho? Quer saber mais??? Veja mais conteúdos no site Empreenda Consultoria ou Me chama no whats.

 

Gostou desse artigo? Curta, compartilha com os amigos!

 

Te vejo na próxima semana.

 

Tais F. Gaspar de Araújo

Master Coach, Consultora e Treinadora

Empreenda Consultoria

 

Quem sou eu:

Apaixonada pelo espírito empreendedor que contribui para o desenvolvimento do país.

Em 2005, Taís fundou a Empreenda Consultoria, empresa especializada em Consultoria e treinamento empresarial, realizando trabalhos nas áreas de Desenvolvimento Organizacional, Desenvolvimento Humano, Coaching, Planejamento Empresarial e Elaboração de Projetos de financiamento.

Master Coach, Consultora e treinadora de líderes empreendedores.

Formada em Administração e especialista em Gestão Estratégica e qualidade.

Mais de 15 anos de experiência atuando junto à empresários de micro e pequenas empresas na busca do crescimento do negócio e desenvolvimento organizacional, pessoal e social.

 

Visite o perfil @taisgasparcoach

 

 

Iniciar conversa
Entre em contato conosco
Olá,
como posso te ajudar?